domingo, 26 de dezembro de 2010

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor. Chore o quanto quiser, mas não brigue com Deus por Ele haver me levado. Se não quiser chorar, não chore. Se não conseguir chorar, não se preocupe. Se tiver vontade de rir, ria. Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão. Se me elogiarem demais, corrija o exagero. Se me criticarem demais, defenda-me. Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam. Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo. Se falarem mais de mim do que de Jesus Cristo, chame a atenção deles. Se sentir saudade e quiser falar comigo, fale com Jesus e eu ouvirei. Espero estar com Ele o suficiente para continuar sendo útil a você, lá onde estiver. E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase: 'Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis mais perto de Deus!' Aí, então derrame uma lágrima. Eu não estarei presente para enxuga-la, mas não faz mal. Outros amigos farão isso no meu lugar. E, vendo-me bem substituído, irei cuidar de minha nova tarefa no céu. Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha na direção de Deus. Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz vendo você olhar para Ele. E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí, sem nenhum véu a separar a gente, vamos viver, em Deus, a amizade que aqui nos preparou para Ele. Você acredita nessas coisas? Sim??? Então ore para que nós dois vivamos como quem sabe que vai morrer um dia, e que morramos como quem soube viver direito. Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo. Eu não vou estranhar o céu... Sabe porque? Porque... Ser seu amigo já é um pedaço dele!

(Vinícius de Moraes)

3 comentários:

  1. É um belíssimo texto de nosso querido Vinícius, um hino e um tributo a amizade.
    Grande abraço, sucesso, feliz 2011!

    ResponderExcluir
  2. Uma menina me ensinou
    Quase tudo que eu sei
    Era quase escravidão
    Mas ela me tratava como um rei
    Ela fazia muitos planos
    Eu só queria estar ali
    Sempre ao lado dela
    Eu não tinha aonde ir
    Mas, egoísta que eu sou,
    Me esqueci de ajudar
    A ela como ela me ajudou
    E não quis me separar
    Ela também estava perdida
    E por isso se agarrava a mim também
    E eu me agarrava a ela
    Porque eu não tinha mais ninguém
    E eu dizia: - Ainda é cedo
    cedo, cedo, cedo, cedo

    Sei que ela terminou
    O que eu não comecei
    E o que ela descobriu
    Eu aprendi também, eu sei
    Ela falou: - Você tem medo
    Aí eu disse: - Quem tem medo é você
    Falamos o que não devia
    Nunca ser dito por ninguém
    Ela me disse:
    - Eu não sei mais o que eu
    sinto por você. Vamos dar
    um tempo, um dia a gente se vê

    E eu dizia: - Ainda é cedo
    cedo, cedo, cedo, cedo

    ResponderExcluir
  3. "Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo."
    Lindo. Gênio.

    ResponderExcluir